domingo, 17 de julho de 2011

Um lugar para morar


Eu penso que a gente tem que viver de um jeito que as pessoas queiram morar dentro da gente. É por isso que temos que manter a casa sempre limpa, arrumada, o coração enfeitado com coisas bonitas. Temos que fazer com que o outro se sinta em casa, protegido. Temos que ter o cuidado de deixar os móveis nos lugares certos pra que ele não tropece. Devemos mostrar quem somos de verdade, sem superficialidades, para que o outro possa andar por todos os cômodos sem encontrar nenhum piso falso. Para que ele não tenha surpresas desagradáveis e não sinta vontade de partir. Não podemos guardar mágoas, alimentar ódio. Essas coisas tomam um bocado de espaço. Mágoas criam raízes e quando percebemos já estão tão crescidas que não cabe mais nada. Acabam tomando o espaço de todos os sentimentos bons. Temos mais é que amar, sem medo, sem receios, mesmo correndo o risco de se machucar.  Porque, nesse caso, também corremos o risco de ser mais felizes. Temos mais é que confiar, com os dois pés na frente. É claro que vez ou outra vai aparecer alguém que na primeira oportunidade vai meter a faca nas costas de toda aquela confiança. Mas ainda assim, você fez a coisa certa, confiar é bonito. Feio é trair a confiança. Que sejamos um bom lugar para se morar. Que o outro encontre, dentro de nós, abrigo.

2 comentários:

  1. Lindo texto! Lindo blog!
    Amei. ^^
    Bjos

    http://penseecorra.blogspot.com/

    ResponderExcluir